Algoritmo identifica bovinos por meio de imagem
18 de março de 2021
Aumento das vendas online exige mais eficiência dos sistemas de armazenamento
25 de maio de 2021

Parceria viabiliza comercialização on-line de serviços ambientais

Novidade do Agro2Business.com e Biofílica contempla compensação de Reserva Legal e mercado de créditos de carbono

O produtor rural que precisa realizar a compensação da Reserva Legal (RL) de sua propriedade, segundo o que determina o Código Florestal, tem agora a oportunidade de iniciar o processo de regularização de maneira on-line.

A novidade é resultado de acordo entre o marketplace Agro2Business.com – www.agro2business.com – e a Biofílica Investimentos Ambientais, especializada em gestão e conservação de florestas a partir da comercialização de créditos de carbono e compensação de Reserva Legal.

Pela parceria, o produtor rural tem acesso por meio do Agro2Business.com ao pacote de serviços ambientais da Biofílica, podendo assim consultar opções para realizar a compensação de Reserva Legal. Ao mesmo tempo, quem tem excedente de Reserva Legal pode disponibilizar o ativo para quem precisa compensar a área de mata de sua propriedade.

Outra funcionalidade em destaque é dedicada à neutralização de emissões de gases de efeito estufa (GEE) por meio da compra de créditos de carbono dos Projetos REDD+ na Amazônia. A operação aproxima quem tem interesse em adquirir créditos de carbono – neste caso, por exemplo, para uma estratégia de acesso a novos mercados ou atração de investimentos por meio da Calculadora de CO2 da Biofílica.

“Estamos muito empolgados com a parceria, que vai exatamente ao encontro de um dos princípios do nosso marketplace, que é promover e democratizar as oportunidades da economia circular a um número cada vez maior de pessoas”, diz Thiago Mateus, founder do Agro2Business.com.

“Para nós, a possibilidade de viabilizar a compensação de Reserva Legal e venda de créditos de carbono para o agronegócio, utilizando plataformas digitais como o Agro2business.com, é um sinal importante de mudanças no mercado, e nós estamos preparados para atender essa demanda.”, ressalta Plínio Ribeiro, CEO da Biofílica Investimentos Ambientais.