Os agricultores que alimentarão o mundo
20 de fevereiro de 2018
Embrapa Pesca e Aquicultura abre inscrições para estágio
21 de fevereiro de 2018

Valor da produção agropecuária de 2018 é de R$ 516,6 bilhões, estima Conab

foto - Adriano Kirihara - Pulsar Imagens

Montante representa uma queda de 4,9% em relação ao ano passado

Redação*

foto - Adriano Kirihara - Pulsar Imagens

foto – Adriano Kirihara – Pulsar Imagens

516,6 bilhões de reais. Esta é a primeira estimativa de 2018 da Conab, divulgada pelo Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (Mapa), para o valor bruto da produção agropecuária (VBP). O valor representa uma queda de 4,9% em relação a 2017. De acordo com o relatório, as lavouras apresentam redução de 6,2% e a pecuária, de 2,3%.

Segundo o coordenador-geral de Estudos e Análises da Secretaria de Política Agrícola (SPA), José Garcia Gasques, parte dessa diferença entre as estimativas deve-se ao fato de o ano passado ter sido excepcional, tendo obtido o maior valor desde o início da série de informações. Outro aspecto, é o fato de janeiro ser quase o início da safra do ano, e portanto, com informações ainda incompletas.

Os produtos com melhor desempenho são algodão, com aumento real de 15% no valor, batata inglesa (11,1%), cacau (44,5%), café (5,8%), tomate (36,1%) e trigo (49%). Na pecuária, destaca-se carne bovina com desempenho positivo, depois de registrar durante o ano passado preços em baixa.

O grupo de produtos com redução do valor da produção inclui o amendoim (-7,1%), arroz (-16,4%), banana (-13,1%), cana-de-açúcar (-13,2%), feijão (-22,4%), laranja (-29,4%), milho (-13%) e uva (-24,8%). Entre esse grupo, cana, laranja, e milho tiveram em 2017 resultados excepcionais, que não estão se repetindo. Como são produtos que têm participação expressiva no VBP, explica Gasques, a redução do valor afeta os resultados deste ano.

Na pecuária, os resultados de suínos, frango, leite e ovos também são inferiores aos de 2017. Para esses, os preços mais baixos no período têm contribuído para um VBP mais baixo.

*Com informações do Mapa