População rural envelhece e êxodo de jovens para centros urbanos é maior
6 de junho de 2018
Bayer conclui aquisição da Monsanto
7 de junho de 2018

Sorriso, no MT, sediará Encontro Nacional de Plantio Direto na Palha

Pujança do agronegócio mato-grossense leva à escolha do local para realização do evento técnico sobre técnica que promove agricultura sustentável

A Federação Brasileira de Plantio Direto e Irrigação, juntamente com o Sindicato Rural de Sorriso, o Clube Amigos da Terra, o Instituto Mato-grossense do Algodão (IMA-MT), a Fundação Sorriso e o executivo Municipal realizam amanhã, quinta-feira (07), o lançamento do 16º Encontro Nacional de Plantio Direto na Palha, a ser realizado pela primeira vez na cidade mato-grossense. O evento, que vai acontecer de 01 a 03 de agosto, é bienal e realizado em diferentes cidades a cada edição.

O tema deste 16o Encontro Nacional é “Sistema Plantio Direto. Entenda os desafios atuais. Prepare-se para o futuro”. São esperados mais de 1.000 participantes entre produtores, assistentes técnicos, consultores, professores, pesquisadores, empresários e estudantes.

“A tecnologia do plantio direto na palha, que surgiu há 42 anos no Paraná, está em constante evolução e desenvolvimento, além de atender a necessidades distintas, dependendo da região e da cultura”, explica Jônadan Ma, presidente da Federação Brasileira de Plantio Direto. Segundo ele, a importância do evento está em apresentar resultados de novas pesquisas e informar os produtores sobre essa técnica que contribui para aumentar a produtividade e a sustentabilidade agrícola. “E quando falo em sustentabilidade significa não apenas a rentabilidade da lavoura, mas em garantir condições para que as próximas gerações se mantenham na atividade”, completa Ma.

Premissas

De acordo com o presidente da Federação, o plantio direto está baseado em três premissas, de igual importância: rotação de culturas, manutenção da cobertura permanente do solo, e revolvimento mínimo. “O produtor deve fazer as três coisas”, ensina. Isso para manter a temperatura, a umidade, a fertilidade e a integridade do solo, contribuindo para aumentar a produtividade e evitar perdas.

Nesta 5a feira, Ma abre o evento de lançamento às 19h, e é seguido pelo prefeito de Sorriso, Ari Lafin, e pelo presidente do Sindicato Rural, Luimar Gemi. As 20hs, o pesquisador e consultor internacional de Agricultura Sustentável, Ademir Calegari fará uma palestra sobre os maiores desafios da agricultura no Mato Grosso. Em seguida haverá um debate sobre a contribuição do Encontro para o futuro da agricultura do Estado, mediado pela presidente do Clube Amigos da Terra, Dudy Paiva, e pelo presidente do IMA-MT, Alexandre Schenkel.

Já o Encontro, em agosto, terá palestras, debates e mesas redondas, encerrando as atividades no dia 03, com minicursos e Dia de Campo. Depois de percorrer diversos estados do Brasil, como Goiás, Paraná, Mato Grosso do Sul e Rio Grande do Sul, será realizado pela primeira vez em Mato Grosso, em Sorriso, considerada a Capital Nacional do Agronegócio. Em 2020, o Mato Grosso, maior produtor de grãos do país volta a sediar o evento, que terá lugar em Cuiabá. De acordo com estimativas da Conab, dos seus cerca de 50 milhões de hectares cultivados com grãos, mais de 30 milhões de hectares já estão em plantio direto.

Serviço:

O quê? Lançamento do 16º Encontro Nacional de Plantio Direto na Palha

Quando? 07 de junho, às 19h

Onde? Auditório do Sindicato Rural de Sorriso

Quem participa? Produtores rurais, empresários, lideranças políticas e sociais, acadêmicos, técnicos, pesquisadores e demais interessados

Mais informações: www.plantiodireto.org.br