Inteligência artificial é aplicada para contar laranjas no pomar
29 de julho de 2019
Capital humano
30 de julho de 2019

Safra de milho de inverno no MT é de 5,1 milhões de hectares

Plantação de milho com panículas Local: Jataí GO Brasil Data: 201806 Código: 06DZ402 Autor: Du Zuppani

Até o primeiro decêndio de junho, 28% da área plantada já havia sido colhida, apura DataSafra. Número é 8% superior ao da área de safrinha nesse Estado em 2018

Redação*

O total de área plantada no Mato Grosso da atual safra de inverno de milho é de 5,188 milhões de hectares. O número foi apurado pelo DataSafra, uma plataforma de monitoramento em tempo quase real da safra, que é baseado na análise de imagens captadas por diversos satélites. Trata-se do dado mais próximo da realidade plantada naquele estado, por não depender da declaração de produtores ou outros métodos estatísticos de amostragem.

Em relação à safra de inverno de milho em 2018, isso representa um aumento de 8,1% na área plantada em Mato Grosso, quando foram cultivados 4,798 milhões de hectares. Por meio do DataSafra, ainda é possível mapear a área colhida da safra atual. Até o primeiro decêndio de junho, 28% da área cultivada já havia sido colhida, ou seja, de 1,447 milhão de hectares.

A exatidão desse tipo de monitoramento auxilia na tomada de decisão por parte de fabricantes e distribuidores de insumos agrícolas, concessionárias de máquinas e implementos agrícolas, além de bancos e tradings, pois se tem de forma mais rápida e objetiva, a informação de qual a tendência da evolução da safra numa determinada região. 

Exatamente por essa peculiaridade, a plataforma inovadora possibilita transformar dados em indicadores, incluindo informações detalhadas por municípios e até por talhões. Com ela, as empresas da cadeia do agronegócio podem realizar um melhor planejamento para suas equipes de vendas. A plataforma permite, ainda, a integração com o sistema de CRM das organizações, o que significa analisar, em caso de uma concessionaria de máquinas agrícolas, por exemplo, o tamanho da área plantada ou colhida com sua máquina ou de seu concorrente.

O DataSafra fornece gráficos e tabelas com históricos de produtividade das safras anteriores e o monitoramento da safra atual, do desempenho da lavoura e previsão sobre a colheita. Com esses dados, as operações de barter ganham mais segurança, além de oferecer menor risco com consequente redução das despesas com fiscalização, garante a Geoambiente, empresa que desenvolveu a plataforma. Atualmente focada nas culturas de milho e soja, a plataforma está por enquanto apenas disponível para o Mato Grosso, devendo se estender a outras culturas e outros estados.

*com informações da assessoria da DataSafra

Foto: Du Zuppani/Pulsar Imagens