Adriano Kirihara/Pulsar Imagens
Safra de soja 2018/19 deve recuar 3,3%
3 de abril de 2019
Divulgação ANEA
Exportação de algodão pode atingir 1,3 milhão de toneladas este ano
8 de abril de 2019

Produtora de café no RJ organiza visitas à fazenda durante a colheita

Monthal Divulgação

Baristas e demais interessados poderão ver como é cultivado e colhido o Café Monthal nas montanhas de Bom Jardim (RJ)

Monthal Divulgação

Redação*

A fazenda onde é produzido o Café Monthal, em Bom Jardim, na serra fluminense, abre suas porteiras pela primeira vez para a visitação pública. As datas, 04 de maio e 22 de junho, foram escolhidas por conta do início da colheita dos cafezais.

“Será  um oportunidade ímpar para o público ter acesso ao um visual deslumbrante que são os cafezais nessa época, como também entender todo o processo da planta a xícara”, convida Eleonora Erthal, proprietária da fazenda e do Café Monthal, cultivado a mais de 800 m de altitude.  

A programação conta com atividades que começam a partir das 9h30 da manhã e se estendem ao longo do dia, incluindo almoço e lanche, possibilitando uma experiência única aos que estiverem presentes.

Entre os atrativos estão a sala de acervo histórico da fazenda, a visita aos cafezais e às estruturas de secagem do café (a mais de 1.000m de altitude), além de rodas de conversas com os proprietários e baristas. O passeio inclui, ainda, caminhada até uma cachoeira, vivência de uma torra de café e apresentação de vários formatos de como preparar o café.

 A fazenda

Localizada em Bom Jardim, na região serrana fluminense, a fazenda possui 216 hectares – 45 hectares exclusivamente para a produção de café –  que se entrelaçam com a história da família Erthal. 

Fundada em 1991, a Monthal começou a fabricar lingeries dentro de um pequeno quarto na fazenda de café da família Erthal. Com o passar dos anos, a marca, que crescia,  começou a participar de feiras do segmento, quando começou a integrar a moda com o café.

“Durante as feiras, era oferecido aos clientes o café produzido na fazenda pelo meu marido, que até então era apenas vendido como commodity. A bebida sempre foi muito bem recebida pelo público e, assim, tivemos a ideia de criar um café especial, segmentação por cresce cada vez mais no Brasil”, narra Eleonora.

A marca utiliza os melhores grãos de cada safra, com um blend 100% de café Arábico, selecionados com padrão de exportação, e é tido como um dos bons cafés do Estado do Rio de Janeiro. “Muitas pessoas pensam que café especial só é produzido no estado de Minas, Espírito Santo ou São Paulo. Todos ficam surpresos quando contamos que somos do estado do Rio”, diz Eleonora.

 Serviço: 

O quê? Visita à Fazenda  Monthal

Quando? 04/05 e 22/06, das  9h30 às 17h

Programa: 

 09h30 – recepção, lanche, bate papo com os proprietários da fazenda e  barista

 10h30 – visita aos cafezais e as estruturas de secagem do café ( subiremos até mil metros de altitude e  visitaremos os cafezais  com direito uma vista incrível)        

 12h30 – almoço feito  no fogão à lenha com produtos   naturais da fazenda      

 13h30 – bate papo pos almoço sobre as  curiosidades do  mundo    do café

14h30 – visita a sala de acervo histórico da fazenda.  no local os participantes conhecerão  as diversas formas de extração  do café

15h – vivenciando uma torra de café

16h – caminhada de  800 m até a cachoeira

17h –encerramento com café e um breve lanche

Inscrições: fazendamonthalexperiencia@gmail.com

Valor da inscrição sem transporte: R$ 250 – esquema de transporte sob consulta. Forma de Pagamento: 50% no ato da inscrição e o restante no dia do evento

Obs.: Acolhimento para cadeirante, pessoas com necessidades especiais e idosos.

 *com informações da assessoria do Café Monthal