Programa Agrocientista tem inscrições abertas
10 de março de 2016
Barreiras, na Bahia, sedia evento sobre práticas para pecuária sustentável
14 de março de 2016

Phibro aposta no investimento em extensão rural

Fabricante de produtos para nutrição animal, assim como outras empresas do setor, tem apoiado treinamentos para melhor qualificar a mão de obra que atua nas propriedades rurais

Divulgação Phibro

Investir em publicidade da marca e de seus produtos e marcar presença em eventos não têm sido mais as únicas formas de investimento em marketing por parte das empresas que oferecem insumos à pecuária. É o caso da Phibro Saúde Animal, uma das parceiras da Escola de Pecuária Intensiva, projeto desenvolvido pela Associação Nacional dos Confinadores (Assocon) que capacita os funcionários das propriedades pecuárias no melhor aproveitamento das modernas tecnologias em nutrição, sanidade, manejo de pastagens e gestão, entre outros assuntos.

“O conceito da Escola de Pecuária Intensiva vai ao encontro de um dos eixos da estratégia da Phibro, que é promover a extensão da educação em prol de uma pecuária mais eficiente e cada vez mais capaz de oferecer alimentos de qualidade e seguros”, afirma Newton Teodoro, gerente de bovinos da Phibro.

No programa da Escola, cuja edição 2016 teve início em fevereiro, a empresa leva aos participantes uma estratégia de aplicação prática do conceito do Boi 7-7-7, que impulsiona o aumento da produtividade na pecuária de corte, uma vez que o boi fica pronto para o abate com 21 arrobas aos 24 meses de idade.

O termo 7-7-7 surgiu em função do ganho de 7 arrobas no período de cria (até 8 meses de idade), 7 na recria (8 a 20 meses de idade) e 7 na engorda (20 a 24 meses de idade). O conceito foi criado por pesquisadores da unidade de Colina/SP da Agência Paulista de Tecnologia do Agronegócio (APTA) – Alta Mogiana, durante o Curso “Pecuária do Conhecimento”, idealizado pela Phibro, que mantém parceria público-privada com a agência pública para a realização de pesquisas de campo.

Valorização

“Encontramos nesse tipo de treinamento, como os da Escola da Assocon, uma oportunidade de estar perto de quem está no dia a dia do campo e vai executar as tarefas de manejo do rebanho. Esses profissionais, além de ampliarem seus conhecimentos, se sentem mais valorizados e passam a exercer suas atividades com melhor resultado”, diz Teodoro, para quem os resultados comerciais acabam sendo consequência dos investimentos em educação.

De acordo com o executivo, a empresa, que chegou ao Brasil em 2000, tem intensificado os investimentos em pesquisa e com uso aplicado dos seus produtos para bovinos nos últimos cinco anos, chegando a R$ 4,5 milhões no período somente com pesquisas no país. A Phibro também oferece produtos para suinocultura e avicultura.

Informações sobre os treinamentos da Escola de Pecuária Intensiva são encontradas em www.assocon.com.br  ou pelo tel.: (62) 3432-0395. O próximo evento acontece em Iaciara/GO, de 5 a 7 de abril, e, além da Phibro, conta com o patrocínio das empresas Lallemand, DSM Tortuga, Allflex, Beckhauser, Merial, Oxen Currais e Ttrutest.

 

Leia ainda: 

Treinamentos buscam qualificar mão de obra da pecuária